Como alterações cognitivas após trauma crânio encefálico pode dificultar a reinserção no mercado de trabalho

Escrito por: Isabela Padula em 26 de janeiro de 2022

1 min de leitura

Trabalho publicado no periódico American Academy of Neurology traz uma perspectiva interessante sobre mudanças na memória funcional, resolução de problemas, compreensão, expressão e comunicação social ao longo dos primeiros 5 anos pós trauma crânio encefálico (TCE).

Quer continuar lendo?

Login Cadastre-se

Referência

  1. O’Neil-Pirozz. Cognitive-Communication Predictors of Employment Outcomes 1 and 5 Years Posttraumatic Brain Injury . 2020 American Academy of Neurology.

Sobre o autor

Isabela Padula

Acadêmico de Medicina da UniNove. Iniciação científica – com supervisão de Dr. Renato Anghinah (CRM 67144)

Notícias Relacionadas