Home Notícias e Tendências Neurologia Avaliação do perfil de segurança do eculizumabe, uma nova medicação para esclerose...

Avaliação do perfil de segurança do eculizumabe, uma nova medicação para esclerose múltipla

- Publicidade -

Este estudo apresentado no WCN_2021 traz a avaliação da segurança de uma nova medicação para esclerose múltipla, eculizumabe

Este estudo mostrou que o  eculizumabe (um inibidor de complemento terminal) foi eficaz em reduzir o risco de surtos, além de gerar melhoras clínicas, nos estudos de fase 3, randomizados, duplo cegos PREVENT (NCT01892345) e REGAIN (NCT01997229), e também em seus seguimentos abertos/não controlados (NCT02003144 e NCT02301624, respectivamente) para pacientes com o espectro de neuromielite óptica com aquaporina-4 e imunoglobulina G-positiva (AQP4+ NMOSD); e pacientes com Miastenia Gravis positiva para anticorpos do receptor de acetilcolina (AChR+ gMG), respectivamente. 

O objetivo desta análise foi comparar os índices e infecções para os grupos eculizumabe vs placebo, de acordo com o número de terapias imunossupressoras concomitantes (ISTs) durante este estudo. Para isso, os índices de infecção por 100 pacientes/ano dos grupos randomizados para eculizumabe vs placebo em NMOSD e gMG, respectivamente, foram avaliados. Destes, apenas um paciente com gMG apresentou meningite meningocócica tratada com sucesso com antibioticoterapia. Os autores concluem que em pacientes com diagnósticos de AQP4+ NMOSD e AChR+ gMG, os índices de infecção foram  similares nos grupos eculizumabe e placebo, mesmo quando em uso de imunossupressores concomitantemente, mostrando que o eculizumabe é seguro.  

Referência: 

Renato Mantegazza et al., Safety of eculizumab in nmosd and mg: analysis of the phase 3 studies prevent and regain, and their extensions. Poster Session, EP0016 / #1074, WCN 2021 

 

- Publicidade -
Isadora Wasserstein Anghinah
Acadêmico de Medicina da UniNove. Iniciação científica – com supervisão de Dr. Renato Anghinah (CRM 67144)
- Publicidade -

Mais Lidas

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.